Tempo x Vida x Terapia

Dias atrás estava conversando com uma pessoa sobre depressão e recomendei que procurasse um psiquiatra e ela me respondeu “Tô com depressão mas ainda não tô louco!”. Depois de explicar o porque da recomendação a pessoa entendeu e disse que talvez procure…

Depois fiquei pensando em como criamos, e eu me incluo, conceitos errados em nossa cabeça e simplesmente não nos damos ao trabalho de explorar alguma outra alternativa.
Para essa pessoa o psiquiatra trata somente de casos de “loucura”, como esquizofrenia, paranóia e por aí. Talvez se eu perguntasse se ela gostasse de jiló ela responderia que não gosta, talvez sem nunca ter comido. Fazemos isso o tempo todo e em todas as áreas de nossa vida.
Muitas vezes carregamos crenças e valores que nem são nossos… Herdamos de nossos pais, avós, da própria sociedade e nos agarramos a eles ao longo da vida, como se aquilo fosse uma verdade absoluta, imutável e irremediável.

Quando nos damos a oportunidade de pelo menos ouvir sobre algo novo, temos a chance de conhecer e aí sim formar uma nova opinião, atualizada, embasada em novos fatos, novos argumentos, novas informações. Talvez reforce a opinião que você já tinha. Talvez faça você buscar ainda mais informações a respeito. Talvez faça você mudar totalmente de idéia…

Os dias atuais estão voando… Nem bem entramos em 2019 e janeiro está acabando… O tempo é precioso porque tempo é vida! E eu pergunto: como você está gastando seu tempo? Está investindo tempo em você?

Procurar ajuda de profissionais não é perder tempo, pelo contrário, é investir tempo na sua vida, ou seja, é por vida na sua vida. É cuidar de você. É talvez, ver as coisas de um novo angulo, é descobrir que talvez esteja colocando energia em coisas que não te trarão mais os resultados que esperava. Talvez seja hora de se permitir!

Um exemplo que acontece muito comigo enquanto hipnoterapeuta: a pessoa entra em contato dizendo que precisa de ajuda mas não marca nenhuma sessão ou quando marca não aparece…
Quando entro em contato, ouço a seguinte resposta: “Desculpa… tô sem tempo…” Consegue perceber o paradoxo? Estar sem tempo para você significa não ter vida direcionada para você mesmo, para melhorar a própria vida…

O quanto você realmente precisa de ajuda? Diferentemente de outras terapias, a hipnose não trata apenas de disfunções, doenças ou fobias. O simples fato de aprender a focar a sua atenção em você mesmo e relaxar muitas vezes faz o “milagre” acontecer. Tem dificuldades de atingir os resultados? Não consegue se concentrar? Precisa diminuir a ansiedade? Tem dificuldades de controle emocional? A hipnose pode ajudar em muitas áreas de nossa vida.

Tem dúvidas sobre esses processos? Me pergunte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *